News

Novo membro - A. Alves

Discussion in 'Portugal' started by andrealves, Aug 11, 2020.

  1. andrealves

    andrealves Rookie

    Jun 29, 2016
    2
    Aveiro, Portugal
    Full Name:
    André Alves
    Bom dia,

    Começo por me apresentar a esta comunidade da qual espero fazer parte ao longo de muitos anos. Sou de Santa Maria da Feira, amante de automóveis desde pequenino. Cresci com um poster enorme de um F40 no quarto e guardo cerca de 500 miniaturas Ferrari. Descendente de uma família humilde, luto desde cedo pela concretização dos meus sonhos. Feliz por vários carros clássicos que possuo, há muitos anos que sonho com um Ferrari. Há cerca de 6 anos estive próximo de comprar um 348tb mas surgiu um negócio de um 911 carrera 4 que não pude deixar fugir. Usufrui dele durante 5 anos e em Dezembro passado decidi que era altura de fazer o upgrade para o sonho. Desde então tenho andado atento e tentado algumas hipóteses (dentro de um orçamento possível mas definido). Tenho competências e condições para fazer as manutenções desde óleos a correias etc daí que estou disponível para negociação particular sem retomas e sem garantias. Modelos admissíveis por ordem de preferência : 360 Modena, 355 manual, 348tb ou 348ts.
    Serei certamente um dos elementos que irei partilhar as diversas intervenções mecânicas/electrónicas pois aquilo que mais valorizo neste tipo de fóruns é a camaradagem e entre ajuda.

    Melhores Cumprimentos
    André Alves
     
    Makuono, MDEL and AlfistaPortoghese like this.
  2. To remove this ad click here.

  3. AlfistaPortoghese

    AlfistaPortoghese Moderator
    Lifetime Rossa

    Mar 18, 2014
    3,776
    Europe, but not by much.
    Full Name:
    Nuno
    #2 AlfistaPortoghese, Aug 12, 2020
    Last edited: Aug 12, 2020
    Caro André,

    Boa noite e seja muito bem-vindo ao fórum!

    Obrigado pela sua belíssima e detalhada apresentação.

    É sempre um gosto contactar com um grande entusiasta Ferrari.

    Felicito-o enfaticamente pela decisão de se lançar em busca do seu Ferrari. Com efeito, a parte da busca pelo modelo que nos enche as medidas e que, naturalmente, se reveste de alguma ansiedade até que a compra se conclua, é um momento nas nossas vidas que mais tarde se recordará com grata saudade, tal como todos os sonhos que temos por meta.

    Gostaria igualmente de lhe endereçar sinceros parabéns pelo facto do André ser capaz de realizar as manutenções que um Ferrari merece e necessita, pela sua própria mão e pelos seus próprios meios. Para um completo ignorante nessa matéria como eu, é algo metafísico e admirável.

    Relativamente aos modelos que são do seu interesse, começo por referir que, de longe, o mais complexo e difícil de adquirir é um 355 manual. Já se percebeu por esta altura que é um carro com forte e constante procura, que suplanta em muito a oferta. Quem os tem não se separa deles, até porque a expectativa de valorizações futuras é alta. Os poucos que se vão sabendo estarem disponíveis para comercialização estão equipados com a caixa F1 que, apesar de revolucionária à época, hoje em dia tem uma performance pouco aceitável e fiabilidade muitíssimo duvidosa, mesmo em unidades com histórico acima de qualquer suspeita. Dores próprias de tecnologia de primeira geração!

    A manutenção de um 355 é das mais complexas, frequentes, exigentes e dispendiosas do mundo Ferrari recente. A contrapartida reside no facto de ser igualmente um dos modelos mais recompensadores de se possuir, a nível estético, mecânico e sonoro, com uma performance extasiante que faz parecer que naquele motor habitam mais que os declarados 380 cavalos, de tão redondo que o motor acaba por se revelar.

    Neste capítulo, a meu ver, o unicórnio é um F355 Berlinetta, equipado com a electrónica 2.7, rosso corsa sobre nero. Em Portugal desconheço se existe algum para venda actualmente. Por essa Europa fora não existem muitos, e os que aparecem em excelente estado e com igual histórico, matching numbers e kilometragem dentro de parâmetros considerados aceitáveis. aproximam-se vertiginosamente das 6 unidades em termos de preço de venda pedido, por vezes ultrapassando inclusive essa barreira psicológica. À compra em caso de importação, claro está, faltará somar o imposto a liquidar aos senhores sérios do Estado lusitano...

    O preço dos modelos F1 acompanha o lado da procura: muito mais reduzido.

    O Modena, na minha humilde opinião, é uma excelente porta de entrada no mundo Ferrari. Um bom e querido amigo meu adquiriu um Spider há alguns meses, e um dos meus melhores amigos é proprietário de um Modena coupé há já alguns anos. De sonoridade apaixonante, mais ergonómico e confortável que o seu antecessor, bem como tendo sido alvo de revisão e evolução tecnológica que, entre outras coisas, permite a realização de manutenções mais descansadas e menos dolorosas, é um Ferrari extremamente apetecível.

    Tal como no caso do seu antecessor, também as unidades equipadas com transmissão manual tiveram tendência a desaparecer. Os preços pedidos em Portugal, comparativamente com o resto da Europa e inclusive nas versões F1, estão severamente inflacionados, mas suspeito que os que efectivamente trocam de mãos, fazem-no por preços substancialmente inferiores aos inicialmente pedidos.

    O 348 é um dos mal amados da casa de Maranello, tal como o Mondial, o 400, o 456, o 612 ou o California. Hoje em dia pedem por eles quase mais 50% do que se pedia há 6 anos, quando o André adquiriu o seu 911. Via de regra, juntamente com o Mondial e os GT4, é o Ferrari menos dispendioso de adquirir. A fiabilidade mecânica do modelo classifica-se claramente acima da média, bem como a facilidade de manutenção para um proprietário como o André, com competências técnicas nesse departamento. Um amigo de longa data é proprietário de um exemplar, e no que toca ao mundo dos supercarros italianos, é o equivalente a um vaso de guerra, se assistido atempadamente.

    São três modelos extremamente díspares em termos de natureza, preço, sensações transmitidas e potencial futuro de valorização. Suspeito que o factor decisivo será o carro que mais falar ao coração do André quando o for visitar pela primeira vez. Estes carros falam directamente às emoções, ao invés da lógica, da matemática e da racionalidade. Como acontece com outros brinquedos, por vezes é uma compra por impulso, mas da qual estou certo que não se arrependerá!

    Se no decurso das suas buscas se deparar com alguma situação em que necessite assistência, por favor disponha tanto desta comunidade, quanto dos meus humildes mas sinceros e altruísticos esforços.

    Boas pesquisas e melhores negociações!

    Nuno.
     
    Rotativo1 and MDEL like this.
  4. andrealves

    andrealves Rookie

    Jun 29, 2016
    2
    Aveiro, Portugal
    Full Name:
    André Alves
    Muito Obrigado pela sua partilha!
    É de facto uma enorme ansiedade, diria quase doença (boa) a procura pelo primeiro Ferrari
    Os tempos mudam as cotações, uns para baixo outros para cima, engraçado recordar-me que à uns 6 anos podia ter adquirido um 348 tb por 38.000. Os valores subiram mas sinceramente os valores anunciados nomeadamente para os 348 parecem me um pouco "inflacionados". É algo que me faz confusão. Muito por aí também surge o reforço que face à diferença de preço /outras características, a inclinação recai sobre o 360 Modena. Espero em breve poder adquirir um modelo para entrar na marca .
     
    MDEL and AlfistaPortoghese like this.
  5. pedro233

    pedro233 Formula Junior

    Bom dia Andre,

    Bem vindo ao Fórum,

    Tenho um 348 há cerca de 12 anos, e até agora tenho a registar 0 problemas neste intervalo. É um tanque se bem mantido.

    A compra mais racional para mim seria um 355, fica entre o design clássico dos 80's do 348, e o novo design do 360 dos anos millennium.

    Em termos de aguentarem o valor, acho que não terá problemas no futuro com nenhum dos 3 modelos.

    Eu tive a pesquisar os 355, e realmente, como todos os modelos clássicos da marca, estão ridiculamente inflacionados.

    Encontrei este preto que era o carro do nosso colega Nuno/Alfistaportoguese, que está no norte, e que sempre foi bem mantido por ele. Está muito interessante na sua configuração :

    https://www.autoterror.com/detalhes/800-ferrari-f355-gts-f1

    Falta-lhe a caixa manual, mas sinceramente os preços que pedem pelas caixas manual nos 355 face aos automáticos, não justifica a diferença de preços de por vezes 20mil eur ou mais.

    Abraço e uma boa compra!
    Pedro Simões
     
    AlfistaPortoghese likes this.
  6. AlfistaPortoghese

    AlfistaPortoghese Moderator
    Lifetime Rossa

    Mar 18, 2014
    3,776
    Europe, but not by much.
    Full Name:
    Nuno
    Muito obrigado pelas tuas amáveis palavras, Pedro.

    Com efeito, de cabeça, ainda tenho facturas de cerca de 20.000 Euros gastos nesse carro, mais coisa menos coisa. Já não está cá em casa há quase um ano, não sei o que lhe aconteceu entretanto até chegar à Auto Terror, mas enquanto cá esteve foi muito estimado (bem precisava, diga-se de passagem!).

    Falando em preços inflacionados, à vista de qualquer leigo bastando para isso que possua uma ligacão à internet e 5 minutos de tempo livre em mãos: andam FFs em Portugal, fora da marca, à venda entre 180 e 200.000 Euros e, por seu turno, andam os mesmos FFs nos Estados Unidos (ainda ontem vi um no concessionário oficial Ferrari de San Antonio, Texas) a transacionarem-se entre os 100 e os 120.000 não Euros, mas Dólares!

    Aproveitando a deixa do Pedro, renovo os meus votos de boas pesquisas ao André!

    Um abraço.
     
    Makuono likes this.
  7. To remove this ad click here.

Share This Page