News

Apresentação e impressões - Ferrari Portofino

Discussion in 'Portugal' started by AlfistaPortoghese, Aug 23, 2017.

  1. AlfistaPortoghese

    AlfistaPortoghese Moderator
    Lifetime Rossa

    Mar 18, 2014
    3,776
    Europe, but not by much.
    Full Name:
    Nuno
    #1 AlfistaPortoghese, Aug 23, 2017
    Last edited by a moderator: Sep 7, 2017
    Foi hoje apresentado o novo Ferrari Portofino, substituto do Ferrari California (2008-2014) e do Ferrari California T (2014-2017).

    O novo Portofino, em honra da ímpar localidade homónima, será propulsionado por um motor V8 de 3855cc3 de capacidade, capaz de debitar 600cv às 7.500rpm e um binário máximo de uns impressionantes 760Nm, disponíveis constantemente entre as 3000rpm e as 5250rpm.

    A velocidade máxima cifra-se em mais de 320km/h, enquanto que o clássico Sprint dos 0 aos 100km/h é cumprido em 3.5 segundos.

    A distribuição de pesos será de 46% à frente e 54% atrás.

    Entre outros aspectos emblemáticos que o diferenciam do modelo que vem substituir, destacam-se a nova geometria do sistema de admissão, novo sistema de escape, novos pistões, E-Diff3, novo sistema de ar condicionado e novo deflector de vento, capaz de reduzir a turbulência na cabine em cerca de 30%.

    O aparecimento do Portofino, a meu ver, reflecte-se de importância adicional, no sentido em que substitui um dos modelos mais controversos e menos amados da marca Ferrari nos últimos tempos, o California. Parece-me que o seu substituto é certeiro em almejar corrigir e/ou eliminar a esmagadora maioria dos aspectos que fizeram alguns entusiastas considerar o California como um mal-amado.

    Enquanto pessoa algo tradicional que sou, prefiro a nomenclatura clássica da Ferrari, quer pela capacidade unitária de cada cilindro, quer pela cilindrada abreviada seguida do número de cilindros. Todavia, gosto imenso do nome, Portofino, da mesma forma que gosto imenso da cidade. Complementam-se mutuamente e ficarão agora interligadas para a história.

    Gosto particularmente do design, com bastantes saliências e reentrâncias, incorporando elementos contemporâneos dos modelos V12 na frente do veículo, de longe o meu ângulo preferido da nova coqueluche de Maranello. Aprecio o facto de se ter resistido à tentação de recorrer a propulsores híbridos e/ou de 6 cilindros em V.

    Em termos de reacções, já escutei um pouco de tudo: que lembra bastante o Jaguar F-Type, que o design da secção traseira e lateral é excessivamente parecido com o California, que o preço a pedir por cada unidade será inferior ao do California, por forma a lentamente chegar a uma maior base de potenciais clientes mas na minha retina fica, sobretudo, uma recepção bastante mais calorosa e magnânime do que aquela que ficou reservada ao California, tanto por altura do seu lançamento, quanto na época da sua actualização estética e mecânica.

    Pessoalmente, parece-me bastante prudente e louvável o trabalho do Ferrari Centro Stile, ao não eliminar os laços umbilicais que unem a marca à casa Pininfarina mas, ao invés, aceitando essa herança, dando-lhe uma roupagem moderna e uma reinterpretação actual. Acredito, antes de realizar um test-drive, que o Portofino será ainda mais refinado e ainda mais versátil para o dia-a-dia que o California, já de si muito competente nessas funções menos usuais para um Ferrari. Será um modelo muito tentador para todo e qualquer entusiasta ou proprietário que ambicione adquirir um Ferrari novo à fábrica, com o fito de o utilizar numa base diária ou quase diária. Muito me interessa e encanta o novo Portofino e, confesso, dos últimos lançamentos da marca (GTC4Lusso, 812, 488), o Portofino é aquele que, inquestionavelmente, mais facilmente me seduziu e pacificamente, de forma praticamente natural da beleza e equillíbrio das suas proporções, se entranhou nos meus sentidos.

    Que dizem os Ferraristas sobre o novo V8 de acesso?

    Um abraço.
    Image Unavailable, Please Login
    Image Unavailable, Please Login
    Image Unavailable, Please Login
    Image Unavailable, Please Login
     
  2. To remove this ad click here.

  3. MDEL

    MDEL F1 Rookie
    Rossa Subscribed Silver Subscribed

    Feb 24, 2016
    2,759
    Southern Europe
    Full Name:
    Mario
    #2 MDEL, Aug 23, 2017
    Last edited by a moderator: Sep 7, 2017
    Caro Nuno,

    Parabéns pela excelente análise do novo Ferrari Portofino concordo plenamente.

    Depois das gralhas evidentes no design de algumas partes do 812 Superfast, principalmente motivadas pelo excesso de orientação aerodinâmica e, também, pelo complexo de semelhança com tudo o que relembre o mestre, aparece o Portofino. Flavio Manzoni consegue com este modelo a cura para os seus recentes pecados e mostra ao mundo que se redimiu e afinal é capaz. Este novo modelo mantém toda a versatilidade do anterior Califórnia, recebe um aumento de potência considerável e em minha opinião é muito bem conseguido esteticamente. No Portofino reconhece-se logo a elegância de linhas tão característica da escola de design Pininfarina mas, neste caso, fundidas com outros elementos de design mais vanguardistas mas muito bem conseguidos tornando todo o conjunto muito apelativo. Muitos parabéns Ferrari pelo excelente trabalho.

    PS- Há 30 anos foi lançado um Lamborghini com este mesmo nome o qual facilmente poderá figurar na galeria dos automóveis mais feios de sempre. Desta vez no entanto a Ferrari honrou o belo porto de Portofino produzindo um igualmente belíssimo modelo que perpetuará o seu nome.

    Um grande abraço,

    Mário
    Image Unavailable, Please Login
     
  4. DOliveira355

    DOliveira355 Karting

    May 5, 2015
    61
    Boa noite a todos,
    Pessoalmente gostei imenso das fotos.
    Apesar de não ser aficionado de carros com capota rígida retracto, acho que a Ferrari acertou em cheio!
    Gosto particularmente muito da frente!
    Um abraço a todos
     
  5. MDEL

    MDEL F1 Rookie
    Rossa Subscribed Silver Subscribed

    Feb 24, 2016
    2,759
    Southern Europe
    Full Name:
    Mario
    No seguimento da apresentação do Ferrari Portofino a maioria das opiniões são muito positivas quanto ao design e estética deste novo modelo. Na sub-secção Anglófona do Califórnia existem vários "threads" acerca do Portofino e, num deles, tenho publicado algumas foto-montagens que gostaria de compartilhar convosco. O objectivo destas sequências de fotos é conseguir entender melhor qual foi a evolução em termos de design do Califórnia para o Califórnia T e agora para o Portofino.

    No primeiro set de imagens com os perfis dos modelos é possível perceber que houve uma enorme evolução nas linhas e o Portofino impressiona muito positivamente visto deste ângulo. Já houve vários membros do FChat que o apelidaram de um F12 em ponto pequeno e por isso no segundo set de fotos temos os perfis do Portofino e do F12 lado a lado para melhor os poder-mos comparar.

    No terceiro set de imagens com as vistas frontais também é notória a evolução e deste ângulo o Portofino parece-se mais com os irmãos mais velhos GTs V12. No quarto set de imagens com as vistas traseiras podemos verificar que a evolução foi radical. Pessoalmente a traseira do Califórnia original sempre me pareceu um pouco sobrecarregada com elementos dispersos mas no Califórnia T já houve uma importante evolução estando essa parte bastante mais bem resolvida. A traseira do Portofino parece-me que foi de novo objecto de uma importante evolução, muitíssimo positiva, pois é impressionante como o simples afastamento dos faróis entre si e a simplificação introduzida nos restantes elementos resultaram tão bem no seu conjunto. (A foto da traseira do Portofino é praticamente a única que consegui encontrar não sendo o ângulo o melhor).

    Por último no quinto set de imagens com a vista de cima e lateral do Portofino/Califórnia T, é possível apreciar a pureza de linhas do novo modelo e o quão mais sofisticado é do que o seu antecessor.

    Como incondicional admirador da maioria dos Ferraris desenhados pela casa Pininfarina algumas vezes já fui critico de Flavio Manzoni especialmente pela maneira como os seus designers resolveram a traseira do 812. Todavia desta vez Manzoni superou-se e muito, provou-nos que é capaz e presenteou-nos com um Ferrari GT Cabriolet de grande beleza.

    Um abraço para todos

    Mário

    [​IMG]



    [​IMG]


    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]
     

    Attached Files:

Share This Page